Blog do Órion

Acompanhe o conteúdo do Parque Órion

21 de novembro de 2018

4 dicas para tornar a sua empresa mais inovadora

É comum a acomodação quando tudo está ocorrendo bem. A acomodação por sua vez resulta na falta de inovação e desenvolvimento de novos métodos. Imagine, por exemplo, dois produtores rurais. Um tem excelentes terras e clima extremamente propício. O outro tem um péssimo solo e um clima árido. É claro que o segundo precisará tecnologia e recursos inovadores para que possa produzir tanto quanto o produtor em solo fértil. Sendo assim o agricultor de solo infértil vai buscar por alternativas para solucionar seus problemas enquanto que o agricultor do clima excelente tende a continuar estagnado. Tal estagnação pode lhe causar a ruína.

Com isso podemos perceber que a inovação é muito presente em pequenas empresas como startups e tende a declinar em grandes empresas. Entre os principais fatores para isso é o aumento da burocracia conforme o tamanho da empresa e, não menos importante, o desenvolvimento de rotinas, processos e padrões. Não estamos falando que rotinas são ruins, mas sim que elas podem ser um desafio para inovações dependendo como são gerenciadas. Confira a seguir 4 dicas que separamos para você inovar em sua empresa.

1. Planejamento, monitoramento e execução

Inovação pode ser compreendida como desenvolver um novo processo, mas é preciso executá-lo. Todo desenvolvimento pode ser otimizado com um planejamento de metas como, por exemplo, aumentar a receita em 10%. Estabelecida a meta devem ser planejadas e projetadas medidas para alcançar tal objetivo. Além disso é necessário constante monitoramento durante toda a execução do planejamento. O monitoramento é útil para checar e comparar resultados antes, durante e depois da aplicação de alguma determinada medida.

2. Estimular os colaboradores a pensarem diferente

Pensar diferente é, entre muitas definições, desenvolver a criatividade. Outra interpretação muito interessante é pensar fora da caixa – medida que auxilia, e muito, na criação de novas soluções. Você deve estar se perguntando o motivo disso. Entenda pensamento fora da caixa como um funcionário do departamento de administração trabalhando no setor de marketing ou um de marketing trabalhando na indústria. Como vão estar fora de seu ambiente de costume, eles tendem a pensar soluções inovadoras. Além disso essa dinâmica promove a integração da empresa como um todo.

3. Conhecer possíveis aliados

Entenda como aliados empresas parceiras. Parcerias entre empresas são extremamente frutíferas e muito presentes em parques tecnológicos como o Órion Parque. Se está desenvolvendo um novo produto e deseja criar uma realidade virtual do mesmo, por exemplo, uma empresa que compartilha o mesmo local de trabalho que a sua pode lhe auxiliar de forma muito mais amigável e cordial do que uma que apenas forneceria o serviço em questão.

4. Conhecer a concorrência e seus clientes

A análise da concorrência é um dos principais planejamentos antes de começar um empreendimento. Conhecer quais são seus produtos, suas vantagens, desvantagens, seus clientes e tudo mais é importante para que desenvolva um modelo de negócio efetivo. Além disso é preciso conhecer também os clientes como suas aspirações, comportamentos, valores, desejos e tudo mais. As parcerias, concorrências e os clientes podem ser interpretados juntos como o mercado. E para ter sucesso em sua empresa é preciso conhecer o mercado.

Para inovar é preciso desprender-se do passado. É importante observar que desprender-se do passado não é o mesmo que esquecê-lo. Sendo assim é preciso levar em consideração as experiências anteriores, mas não deixá-las que sejam predominantes em novas decisões. Sobretudo é preciso desenvolver novas experiências que podem ser alcançadas de inúmeras maneiras, conforme apresentamos. Destacamos quatro: planejamento e monitoramento constante, estímulo à criatividade entre os colaboradores, desenvolvimento de parcerias e conhecimento de concorrência e clientes. E então, qual das dicas acha mais imprescindível para começar a inovação em sua empresa?

© 2020 - Instituto Órion - Todos os direitos reservados