Blog do Órion

Acompanhe o conteúdo do Parque Órion

19 de outubro de 2018

Conheça a Inovadora Sistemas

Instalada no Orion Parque Tecnológico há um ano, a Inovadora Sistemas carrega 33 anos de experiência no mercado como desenvolvedora de sistemas para área de saúde pública. São soluções na área de tecnologia que direcionam o gerenciamento de processos que ocorrem dentro das secretarias de saúde e servem para estreitar a distância entre os setores, profissionais e os cidadãos.

Soluções ofertadas pela Inovadora:

  • Saúde Municipal (G-MUS) – Sistema de gestão para secretarias municipais de saúde e seus equipamentos públicos;
  • Vigilância em Saúde (G-VIS) – Sistema de gestão para vigilância sanitária, ambiental e zoonoses;
  • Hospitais (G- HOSP) – Sistema de gestão para hospitais públicos ou privados;
  • UPA (G-UPA) – Sistema de Gestão para Unidades de Pronto Atendimento (UPAS 24h);
  • Consórcios de Saúde (G-CIS) – Sistema de Gestão para Consórcios Intermunicipais de Saude (CIS);
  • Assistência Social– (G-MAS) – Sistema de gestão para secretarias de Assistência Social e seus equipamentos.

De acordo com o gerente de desenvolvimento, Alisson Schneider, essas soluções precisam caminhar juntas e favorecem, assim, a produtividade, assertividade, controle, economicamente, agilidade e qualidade.

Acompanhe nosso bate-papo com Alisson Schneider, gerente de desenvolvimento da Inovadora Sistemas

Porque o prontuário eletrônico do tipo RCOP é melhor?

O modelo de Prontuário Eletrônico com Registros Clínicos Orientados por Problemas (RCOP) possui uma estruturação inteligente que facilita o diagnóstico de problemas crônicos e agudos, além de possibilitar maior assertividade e agilidade no atendimento a longo prazo.

Quando o profissional for pesquisar no histórico de atendimentos do Cidadão que ele consiga selecionar, de forma ágil e dinâmica, somente os problemas relevantes a atual queixa e sem a exibição dos atendimentos desnecessários, isso se torna uma vantagem muito grande. Este modelo de prontuário estruturado e que possibilita a organização por tipos de problemas, denominamos como “Prontuário orientado por problemas” ou pela sigla RCOP.

A Inovadora realiza feedback com outras empresas incubadas no Orion?

Compartilhar o conhecimento que outras empresas têm é fantástico. Entre um cafezinho e outro no corretor descobrimos soluções favoráveis para todos os mercados. Sem contar que recebemos mentorias e com isso direcionamos melhor nosso negócio.

O que foi produtivo em 2018?

Tivemos uma grande mudança entre 2017 e 2018. Queremos pontuar o que foi um investimento positivo e negativo, para aumentarmos nossa capacidade de produção. Tudo a seu tempo.

Como a Inovadora avalia a estada deste primeiro ano no Orion?

Nossa evolução está sendo muito rápida, desde que chegamos e agora em ascendência, o Orion nos permite sonhar e focar em nossos projetos.

Quantos funcionários a Inovadora tem hoje?

Somos cerca de 60 funcionários e 33 anos de fundação. Ao todo são 66 funcionários nas unidades de Lages, na Serra, e Joaçaba, no Meio Oeste. Mas, além disso, temos colaboradores externos que trabalham residentes em clientes como Rio Branco (AC), Novo Hamburgo (RS), além de Palhoça e Itajaí, aqui em Santa Catarina.

© 2019 - Instituto Órion - Todos os direitos reservados