Blog do Órion

Acompanhe o conteúdo do Parque Órion

27 de agosto de 2012
Categorias Sem categoria

ORION PARQUE chega à fase prática

O Órion Parque é sem dúvida um dos investimentos mais importantes neste início de século para a Serra Catarinense.

A partir da apresentação oficial do projeto, no início da noite desta sexta-feira, na Associação Empresarial, é possível estimar a relevância do Parque para o fomento de novas empresas tendo como fator referencial o avanço tecnológico agregado à sustentabilidade.

O governador Raimundo Colombo ao lado de outras autoridades políticas e empresariais testemunhou de perto a apresentação do projeto, que ele resume como sendo para Lages, um momento especial.

Aliás, por falar em sustentabilidade, a proposta da edificação do prédio central e todos os demais no terreno oferecido deve favorecer a região, com uso da madeira (pinus) e também do arenito Botucatu, entre outros materiais.

A proposta, além de estimulante, conta com forças triplicadas com a participação do Poder Público como fomentador; das Instituições de Ensino proporcionando o conhecimento e do setor privado que deve contribuir com as iniciativas.

O Parque Órion já nasceu forte. Um projeto forjado nos bastidores empresariais e planejado há tempo. E, por esta razão, Lages saiu na frente. O projeto inicial já estava pronto, num resultado da soma de esforços, conforme disse o presidente do Instituto, o empresário da comunicação, Roberto Amaral.

Vale ainda dizer que a administração deverá ser conduzida por voluntários sem remuneração. Porém, a parte operacional deverá remunerar muito bem os profissionais que farão parte do quadro funcional.

Assim, Lages abre-se definitivamente para um futuro promissor, com possibilidade de avanço na Tecnologia da Informação, da Comunicação, na Biotecnologia, na Automação, ou seja, setores fundamentais que vão resultar na inovação em prol do desenvolvimento regional.

Numa questão fundamental ressalto a preocupação com o meio ambiente, através da valorização da economia verde, e que em médio prazo vai fortalecer ainda mais a cadeia florestal e a energia renovável. É a sustentabilidade presente em todo o processo.

\"\\"\\\\"\\\\\\\\"\\\\\\\\\\\\\\\\"\\\\\\\\\\\\\\\\"\\\\\\\\"\\\\"\\"\"

Por fim o desafio está lançado e o próximo passo agora é construir o edifício central e equipado com a citada sustentabilidade, o que deve acontecer sem demora, e começa bem, pois com recursos em caixa, já conta com 12 polos de empresas tecnológicas aptas para ocupar os primeiros 10 mil metros quadrados do terreno oferecido para as construções.

O que começou com um sonho, passou para o papel, e agora, avança na prática. Méritos!

© 2021 - Instituto Órion - Todos os direitos reservados